Canadá

Canadá 2020-03-03T13:31:55+00:00

A ECONOMIA CANADIANA, DEPENDENTE DAS EXPORTAÇÕES DE PETRÓLEO E OUTRAS MATÉRIAS-PRIMAS NOS ÚLTIMOS ANOS, E SENDO O QUINTO MAIOR PRODUTOR DE GÁS DO MUNDO, CRESCEU 2,1% EM 2018, FAZENDO DO CANADÁ A SEGUNDA ECONOMIA DOS G7 COM MAIOR CRESCIMENTO DEPOIS DOS EUA. UM AUMENTO NO CONSUMO PRIVADO, INVESTIMENTO NAS EMPRESAS E CRESCIMENTO DOS SALÁRIOS CONTRIBUÍRAM PARA ESTE DESEMPENHO ECONÓMICO.

INFORMAÇÃO DO PAÍS
SOCIEDADE DE INFORMAÇÃO
SISTEMA DE COMPRAS PÚBLICAS
ACEDA À BOLSA DE OPORTUNIDADES

Para 2019, o FMI prevê um crescimento do PIB de 2%, seguido por 1,8% no ano seguinte. Considerando que o Canadá também está entre os maiores produtores de petróleo do mundo e o terceiro no mundo em reservas petrolíferas, grande parte do desempenho futuro do país dependerá do nível dos preços globais do petróleo bruto.

A relação entre a dívida do Canadá e o PIB foi estimada em 87,3% do PIB em 2018, esperando que esta diminua para 84,7% em 2019. O governo anunciou a intenção em assegurar o aumento do consumo público em 2019, visando o financiamento de medidas adicionais como um novo programa de apoio fiscal que permitirá aos fabricantes recuperar imediatamente o custo total de máquinas e equipamentos, bem como uma diminuição imediata do custo de equipamentos de energia limpa.

É esperada a combinação de um elevado endividamento das famílias, do aumento das taxas de juros e da progressiva desaceleração salarial constranja o consumo das famílias, portanto, o investimento empresarial é considerado crucial para o futuro desempenho económico do Canadá. Outras ameaças potenciais ao crescimento do país são a instabilidade nos preços das commodities, os receios de um Hard Brexit e as persistentes disputas comerciais entre a China e os EUA.

A taxa de desemprego situou-se em 6,1% em 2018 e deverá manter-se estável em 2019 e 2020 (6,2%, FMI).